BRANDON LEE
Brandon Lee

Brandon Bruce Lee nasceu no dia 01 de fevereiro de 1965 em Oakland, California. Filho de Bruce Lee, começou a aprender os primeiros passos desde cedo com seu pai que o ensinava, com apenas dois anos de idade. Aos 6 anos, já participava em competições e era capaz de quebrar pesadas placas de madeira. Perdeu o pai muito cedo, aos 9 anos de idade, vitimado por um edema cerebral em 20 de julho de 1973. Bruce foi o primeiro a trazer o Kung-Fu para o ocidente. A família Lee morava em Hong Kong quando Bruce morreu. Depois disso, a viúva Linda Lee retorna aos Estados Unidos com seu filho Brandon e a filha Shannon, com apenas 4 anos. Teve uma infância um pouco complicada após a morte do pai, pois ouviam-se rumores de que o seu pai teria morrido por overdose. Na escola lutou por causa disso e foi expulso de três colégios. Actuou em seis filmes de ação, predominantemente violentos e quase sempre ligado às artes marciais. Quando recebeu a proposta para ser o protagonista do filme 'O Corvo' leu tudo sobre o seu personagem. Noivo de uma antiga namorada, Eliza Hutton, pretendia casar no dia 17 de abril, duas semanas após o fim das filmagens. No convite, colocou a seguinte frase do livro 'The Sheltering Sky' de Paul Bowle: "Por não sabermos quando morreremos, temos que pensar na vida como um inexaustivo bem...". Após o acidente que pôs fim a sua intensa vida, Brandon foi enterrado num túmulo ao lado do de seu pai no Cemitério Lakeview em Seattle, Washington, próximo ao Museu Asiático de Seattle. Desde o início, vários incidentes levaram a acreditar que as filmagens do Corvo seriam conturbadas. Logo no início, um dos carpinteiros responsáveis por todo o cenário, Jim Marthisius, foi eletrocutado por cabos elétricos que estavam expostos. Apesar do susto, nada de mais grave aconteceu ao funcionário. Na mesma manhã, um caminhão da produção estacionado no Caroleo Park simplesmente incendiou-se. Ninguém saiu ferido. Alguns dias depois, no dia 13 de março, uma tempestade destruiu uma boa parte dos principais cenários. Nascia o que os actores e produtores começaram a chamar de "A Maldição do Corvo". Foi preciso muito trabalho para que as filmagens não ficassem atrasadas. Superados esses problemas, eles ainda enfrentariam o maior de todos. 'O Corvo' estava a ser filmado ao contrário da ordem cronológica. Para o fim de produção, só faltavam duas semanas. Mais exactamente, estavam a faltar apenas algumas cenas do início do filme.Alguns dias antes da tragédia, seria filmada uma cena na qual seria usada uma arma de fogo (Magnum A-44) que devia ser carregada, engatilhada e apontada para a câmera. Por causa do ângulo de tiro, as balas colocadas na arma foram as de "imitação" (dummy bullets) que contém zinco e cobre, mas não pólvora. Essa bala possui um formato igual ao da bala real para que, ao disparar, a bala pareça verdadeira. Em 30 de Março, quase todas as cenas mais violentas, envolvendo tiros, perseguição e mortes já haviam sido gravadas. Assim, James Moyer, o mestre de armas, foi mandado embora. Entrou em acção um propmaster, que após o tiro no ângulo da câmera, devia descarregar as balas de “imitação” e carregar as “balas brancas” (com o dobro ou triplo de pólvora a mais que o normal, para um barulho mais alto e maior efeito visual, mas que não oferece perigo). Uma bala de imitação sobrou e engatilhou no cilindro, assim que o cartucho das brancas foi colocado. A próxima cena seria a violação de Shelly e a morte de Eric Draven. Então, a arma carregada com “balas brancas” deveria ser disparada. No momento em que Michael Masse (Funboy), engatilhou e disparou, a bala de imitação atingiu Brandon, em vez da bala branca. O projéctil atravessou o abdômen do ator e hospedou-se próximo da coluna vertebral. Brandon caiu sobre os joelhos e desmoronou. Embora a cena pedisse para ele cair para trás, todos pensarem que ele estivesse a improvisar uma nova performance. Continuaram a filmar, até que perceberam que algo estava errado. Brandon foi levado já inconsciente para o hospital New Hanover Regional Medical Center. Eliza Hutton, a sua noiva, foi imediatamente para o hospital quando soube do acidente. Quando ela chegou, ele já estava em coma. Brandon nunca mais acordou. Ás 1:04 da tarde do dia 31 de março de 1993, o seu corpo não aguentou os ferimentos. A sua causa morte foi diagnosticada como sendo uma Coagulopatia Intravascular Crônica - uma hemorragia interna incontrolável causada por um ferimento por projéctil de fogo. A polícia apreendeu as filmagens, o revólver, o cartucho da bala retirado do corpo do Brandon, assim como exemplares das balas 'dummies' e 'branca' para analise e investigação. A polícia estranhou que Brandon não estavisse usando um colete à prova de balas usado sempre que qualquer ator esteja a uma distância inferior a 13, 5 metros da pessoa que vai dar o tiro. Brandon estava a 10 metros de distância do disparo.

Filmografia
 

 

 

The Crow (1994)
Rapid Fire (1992)
Showdown in Little Tokyo (1991)
Laser Mission (1990)
Kung Fu - The Next Generation (1987)
Kung Fu - The Movie (1986)
Legacy of Rage (1986)

 

© 2002 NostalgiaBR - Geraldo de Azevedo